Dicas para não perder dinheiro com negócios pela internet

Dicas para não perder dinheiro com negócios pela internet

Post Reeditado

Blogs e sites por aí a fora divulgam estratégias de como enriquecer rapidamente na indústria dos negócios online, mas acredite isto tudo não passa de ilusão.

Ganhar dinheiro na internet exige trabalho, dedicação e muitas vezes sim investimento,  mas não da forma como está sendo ensinado por aí…

Lendo alguns artigos em outros blogs tais como: A Verdade sobre o MMN – Quase TODOS perderão dinheiro e Fuja dos golpes! Conheça as 7 maiores mentiras sobre ganhar dinheiro na Internet! dá para se notar que o mundo do marketing multinível brasileiro não é nada cor-de-rosa e eu diria, ainda bem! Pois, assim como nem todo mundo nasceu para ser advogado ou engenheiro, nem todo mundo tem habilidade para ser um internet marketer.

Você agora pode estar pensando que eu estou dando um tiro no pé por criticar algo através do qual eu mesmo obtenho certo lucro, mas asseguro a você que o meu intuito é justamente tirar as vendas que ainda estejam nos olhos de alguns e afirmar que é possível obter uma renda extra pela internet sim. Mas como tudo na vida, isto vai requerer de você certos cuidados.

E saber que assim como há em qualquer profissão ou empreendimento pessoas honestas e desonestas, no mundo do multinível com certeza haverá também. E é aí que entra algo que ninguém poderá implantar na sua cabeça por você – experiência, para separar o joio do trigo.

Não me considero nenhum expert no assunto, ou guru (aliás detesto esta palavra), mas seguem algumas dicas da minha própria experiência que você pode agregar às outras informações que já citamos nesta postagem.

Examine tudo, retenha o que serve para você porque, como eu já disse, nada irá substituir a sua própria experiência:

1. Tenha Múltiplas Fontes de Renda

Particularmente nunca dei bola às críticas que eu fazia vários MMNs. Nem pelo fato de fazer isto há muito tempo, deixei de dar suporte aos vários indicados que tinha em todos os negócios dos quais já participei ou participo. Penso que por trás da tal “exclusividade a uma só empresa” está embutida a ideia de aprisionamento do indivíduo o que torna-o presa muito mais fácil de aceitar qualquer engano sistematizado por algum líder mal-intencionado. Fazer parte de uma só empresa ou negócio não é inteligente. Se você tem múltiplas fontes de renda pode sobreviver melhor pelas crises que possam atingir determinado nicho de mercado que você participa, porque terá como se valer de outro em segmento distinto.

2. Programas de Afiliados versus Marketing Multinível

Partindo do princípio da regra anterior, aprenda que em determinadas épocas você poderá centralizar seus esforços em determinados tipos de negócios do que outros. Há determinados programas de marketing multinível que quando você obtém certo lucro, na verdade está apenas se mantendo “sustentável” dentro da empresa. Em contrapartida, se você faz parte de programas de afiliados gratuitos – e que tenham valores baixos para pagamento de comissões – se você está percebendo que estão lhe dando mais retorno, faz-se necessário neste período dar mais atenção a este tipo de segmento do que o anterior, até por uma questão lógica.

3. Duvide de todos, com todo respeito

Não acredite em tudo que anunciam por aí como estratégias ou modelos de negócios para se obter renda extra pela internet. Não se deixe levar por paixonites ou apenas por apelos chamativos como “Não fique de fora”, “Está bombando”, “Corra, reserve sua vaga”. A maioria destas chamadas na verdade querem apenas dizer: “Me ajudem estou desesperado para criar minha rede”. Mesmo assim, discorde ou conteste de forma respeitosa. Ninguém sabe quantas voltas o mundo vai dar e talvez você ainda irá precisar desta pessoa para alguma coisa.

4. Não tenha medo de largar um negócio

Entrou para alguma coisa e não está conseguindo resultado? Saia fora! Deixe-me explicar isto de uma forma melhor para não ser mal-interpretado. Não estou querendo dizer que, se você não obteve os seus primeiros mil reais em determinado negócio em três meses que o negócio não preste! Mas pode ser que você não “preste” para o negócio. Por exemplo, eu não consigo vender perfumes, rsss… Já meu amigo Adriano Camara gosta deste nicho de mercado.

5. Não tenha pressa!

Um dos piores defeitos de alguém que se depara com as oportunidades de renda extra pela internet é o imediatismo. E com isto torna-se presa fácil dos enganadores de plantão que existem por aí. Se você está desempregado NÃO FAÇA MARKETING MULTINÍVEL! Diria mais, não veja os negócios online como “As Organizações Tabajara”, onde todos os seus problemas serão resolvidos! Se quer obter alguma experiência inicial neste universo, eu diria para você começar pelos programas de afiliados gratuitos, frise bem, os gratuitos, e coloque alguns banners e textos sobre seu negócio em um blog previamente criado. “Ah eu não tenho blog ou não sei fazer um!” Peça aquele garoto de dez anos que mora do lado de sua casa para fazer um, eu tenho certeza que ele sabe, portanto, atualize-se. Começar com um blog simples seja no Blogger (se você for divulgar mais banners) ou WordPress (se você for divulgar mais textos) e com programas de afiliados grátis te ajudará a ir se familiarizando de forma gradual com esta difusão de negócios online e blogs que existem por aí, até você ir pegando mais o jeito pra coisa.

6. Muito cuidado onde investe seu dinheiro!

Por fim, se realmente você for entrar em algum negócio de marketing multinível que tenha que desembolsar algo, verifique que tipo de negócio estão te propondo. Negócios legítimos têm produtos ou serviços ou ambos; são controladas por pessoas jurídicas (CNPJ); recolhem impostos a nível municipal, estadual e federal; os ganhos são em geral por produtividade, podendo ser em curto, médio ou longo prazo, de acordo com seu empenho. Mas cabe aqui uma ressalva importante, não é porque uma empresa tenha CNPJ que você esteja isento de entrar numa furada, portanto, investigue sobre os responsáveis e recolha o máximo de informações possíveis sobre a empresa (o que pode ser feito nas reuniões virtuais, muito típicas destes negócios e também com a pessoa que está te fazendo a proposta – aliás se ela não for uma boa patrocinadora, sugiro que mesmo que decida-se por aderir a tal empresa, escolha outro, afinal você irá precisar de bastante ajuda por estar iniciando).

Acredito que poderia elencar mais coisas, mas fica o espaço abaixo nos comentários, para você também contribuir com este post.

Héber Lima tem 38 anos e reside em Araguaína-TO. É Operador de Microcomputador, Professor de Inglês, Webmaster e Empreendedor. Formado em Letras pela UFT.

Postagens Relacionadas
Leave a reply